Consultoria em TI

O que é Consultoria em TI?

 

Consultoria de TI é a terceirização de serviços estratégicos para que as empresas possam se beneficiar de conhecimentos técnicos específicos em tecnologia da informação.
Esses serviços podem auxiliar no planejamento de projetos, tomada de decisões e monitoramento de todas as atividades.

 
Etapas de uma Consultoria de TI:
 

A empresa identifica a necessidade ou o problema. Com isso, busca no mercado por profissionais e empresas especializadas neste conhecimento (ou uma full, caso o objetivo seja terceirizar todos os serviços).

A empresa deve analisar e considerar indicadores como histórico de clientes e cases, o atendimento inicial, da disponibilidade do consultor e, claro, o orçamento. Após isso, a empresa começa a negociar o modelo de trabalho e as questões contratuais.

É nesta fase, por exemplo, que se definem questões como periodicidade das visitas ou reuniões, consultores responsáveis pela empresa e SLA, um item fundamental para assegurar a qualidade das entregas e a satisfação de ambas as partes.

Fechados os acordos de contrato, o(s) consultor(es) começa(m) o trabalho de imersão e estudo do cliente.

Para isso, é comum que o consultor fique alocado na sede do cliente por um período. O objetivo é participar das atividades e serviços de forma mais próxima.
Entendendo o cenário atual, e detalhando as reais necessidades e requisitos, o consultor pode propor alguma solução para o problema inicial, pelo qual ele foi contratado.

 
Modelos de Consultoria em TI
 
Sistemas e Equipamentos

Consultorias para sistemas e equipamentos são aquelas que orientam a compra e implementação de programas ou máquinas, apoiando o desenvolvimento da empresa, no que se refere à estrutura técnica e tecnológica.

Dessa forma, a empresa minimiza erros, reduz custos e agiliza o processo dessas mudanças, otimizando seus processos e contando com treinamentos ou suporte de profissionais especializados. Já demos um exemplo, acima.

A consultoria também pode apoiar ou se responsabilizar pela gestão de ativos, mantendo um inventário atualizado e garantindo a disponibilidade de todos os equipamentos.

 
Segurança e Infraestrutura

Para este modelo de negócio, a consultoria se volta especificamente às questões de segurança da informação e infraestrutura.

Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) “batendo à porta” das empresas, é fundamental dispor de profissionais de TI especializados na legislação e capazes de adequar as operações da empresa.

Empresas que mantêm relações comerciais com países europeus já contam com consultorias especializadas na GDPR, a legislação que regula questões de segurança dos dados pessoais a privacidade na Europa.

Além disso, consultorias de infraestrutura garantem melhor performance do setor de TI, além de reduzir a indisponibilidade de sistemas e aplicações. Consultoria de infraestrutura também controlam acessos e permissões, garantindo mais segurança às informações estratégicas da empresa.

 
Consultoria Full

Por fim, temos a consultoria full, que assume todas as responsabilidades do setor de TI da empresa. Para empresas pequenas, contratar uma consultoria full pode ser muito útil e mais barato do que implementar internamente o departamento.

 

Dessa forma, a empresa pode investir seus recursos em processos relacionados à atividade-chave do negócio, deixando o planejamento e as decisões de TI para profissionais especializados na área.